quinta-feira, 23 de maio de 2013

Entendendo a Hipertrofia Muscular (por Kal Oliveira)





Olha só.... vamos ter participação do Personal Trainer Kal Oliveira. Eu tive a honra de trabalhar lado a lado com ele, quando estive no Brasil, e posso confirmar a credibilidade do Rapaz. Então se você reside no Brasil em São Luis Do Maranhão, vale muito a pena trabalhar com ele, que além de expert na área é dono de uma academia, muito lindinha, limpinha e aconchegante. Sem contar que o rapaz é essa lindhiura que você está vendo. Pacote completo hein???
 


Hipertrofia significa o aumento do tamanho de um músculo, ou seja, aumento da sua fibra muscular em consequência do aumento das funções celulares através do treinamento físico e de uma alimentação adequada, isso acontece porque seu corpo tem que se recuperar do estresse sofrido aumentando o tamanho da fibra muscular a fim de suportar mais carga. A prática de musculação, juntamente com o ajustado funcionamento do metabolismo do organismo, é o método mais eficaz para obter massa muscular. No entanto, os treinos devem ser acompanhados por profissional especializado, assim como a orientação no consumo equilibrado dos nutrientes necessários (carboidratos e proteínas) para a ocorrência de hipertrofia.
O treinamento resistido (com pesos) é o mais aconselhado para quem procura aumento da massa muscular. Para que isso ocorra, são feitos treinamentos com cargas elevadas, embora não seja necessário um trabalho com carga máxima. Normalmente se usa desses critérios para um treino de Hipertrofia:
·         Repetições: de 6 a 12 repetições com carga entre 75% e 85% 1 RM (uma repetição máxima).
·         Execução: lenta com descanso que varia de 1 a 2 minutos.
·         Séries por grupo muscular: maior que 3(três) séries.
·         Frequência semanal para o mesmo grupo muscular: de 1 a 3 dias por semana.
Além disso outros fatores são importantes para que ocorra uma hipertrofia muscular:
·         Beba muita água, no mínimo 3(três) litros por dia;
·         Durma bem, no mínimo 7 horas;
·         Evite bebidas alcoólicas;
·         Respeite o descanso entre as séries e entre as seções, são fundamentais para recuperação muscular.
·         Faça uma (re)avaliação física regular para que seus objetivos sejam maximizados e para mudança de série;
Lembrando sempre que a genética é um fator único e preponderante, e pode facilitar o aumento da massa muscular ou o contrário, tornar esse processo mais difícil e lento.
Não faça uso de esteroides anabolizantes, não coloque em risco sua sáude!



Kal Oliveira – Personal Trainer
CREF: 1996 G/MA